Anos 90

1990 01

Geraldo Azevedo lança “Berekekê” (91), seu primeiro disco gravado em Los Angeles, com a participação de músicos americanos. O trabalho foi muito elogiado pela crítica.

Dois anos depois, Geraldo estreia “Geraldo Azevedo Ao Vivo… Comigo”, gravado em várias sessões nos teatros Guararapes (Recife), Yemanjá (Salvador) e Rival (Rio de Janeiro). No repertório, grandes sucessos do artista. O trabalho é premiado com Disco de Ouro.

A música “Talismã”, em parceria com Alceu Valença, entra na trilha sonora do remake de “Irmãos Coragem”.

Em meados de 95, Gerado Azevedo e Zé Ramalho excursionam por todo o Brasil com o show “Dueto”, de grande sucesso de critica e público, culminando com uma apresentação de enorme sucesso no Canecão (Rio de Janeiro). Alceu e Elba estavam na plateia. A turnê, que durou dois anos, marca o ponto de partida para o projeto “O Grande Encontro”.

“Futuruamérica” (96) é o novo CD de Geraldo Azevedo, com várias composições inéditas em parceria com Capinan, Carlos Fernando e Fausto Nilo, alguns de seus parceiros mais constantes. O disco traz “Até Quando”, composição do irmão Germano, gravada em dueto.

1990 02

Geraldo Azevedo, Elba Ramalho, Zé Ramalho e Alceu Valença se unem em “O Grande Encontro”, mostrando clássicos de suas respectivas carreiras, além de recuperarem sucessos de mestres como Luiz Gonzaga, Geraldo Vandré e Trio Nordestino. O primeiro volume lançado em 96 ganha Disco de Platina Triplo.

“À Procura de Alguém”, lançada em seu último disco, foi incluída na trilha sonora da novela “A Indomada”, da TV Globo. A música é uma regravação de um antigo frevo do mestre Capiba.

Grava “O Grande Encontro 2” em estúdio, desta vez sem Alceu. O disco vende mais de 300 mil cópias e é premiado com disco de Ouro e Platina.

1990 03

Geraldo lança a compilação dupla “Raízes & Frutos” (98), com grandes sucessos de sua carreira. No primeiro CD, “Raízes”, estão incluídas as músicas que têm ligação com o sertão, o estado de Pernambuco, e suas primeiras influências musicais. Em “Frutos”, aparecem as canções que refletem a sua vivência posterior no ambiente urbano, e a sensibilidade filtrada através da técnica conquistada na maturidade artística. Com produção de Robertinho do Recife, “Raízes & Frutos” é um notável exemplo de um artista maduro fazendo uma releitura de canções da juventude e trazendo para elas todas as lições aprendidas ao longo da estrada.

A música “Berekekê” entra na trilha sonora do filme “Sabor da Paixão”, com Penélope Cruz e Murilo Benício.